Top Menu

Acho que muitos aqui já sabem que eu adoro fotografar flores e por isso hoje vou falar sobre a macrofotografia! Bom, muitas pessoas confudem macrofotografia com close-up, que são conceitos e técnicas diferentes. O close-up é ver tudo de perto enquanto a macrofotografia é projetar o objeto com ampliações, ou seja, a imagem pode ser aumentada em até dez vezes seu tamanho natural.

Percebo também que as pessoas tem suas preocupações com o investimento de equipamentos macro,  e o objetivo do post de hoje é mostrar que nem sempre é necessário gastar muito para iniciar esse estilo de fotografia, ainda mais se a sua intenção é fotografar por hobby.

Vamos começar?

OLHAR

O que você precisa para começar na macrofotografia

Sua primeira tarefa é bem simples e não exige nenhum tipo de investimento. Vamos começar treinando e apurando nosso olhar. Buscar detalhes atraentes nos lugares que frequentamos. Pode ser na sua casa, na rua, em parques, jardins, todos os lugares. Não adianta ter os melhores equipamento, conhecer todas as técnicas e teorias e não ter um olhar apurado, ok?

LENTES

lente-canon-ef-50mm-f18

Infelizmente todas as lentes macro são caras e será necessário que escolha uma boa para começar seu trabalho. Existem algumas opções e cada um pode escolher a sua de acordo com as especificações técnicas, por exemplo uma 50mm produz uma imagem 1:1 à distância de 20cm, uma 100mm a 30cm e uma 200mm a 50cm. Uma 50mm ou 60mm fará um excelente serviço na fotografia de flores, já uma lente 90mm a 105mm será ótima para pequenos insetos. Claro que, você também precisa levar em conta a iluminação, por isso em algumas ocasiões é necessário o uso de um flash, como o MT-24EX Macro Twin Lite.

ABERTURA, FOCO E PROFUNDIDADE

O que você precisa para começar na macrofotografia

Aqui você tem que prestar atenção para utilizar aberturas mais fechadas, senão você pode perder alguns detalhes pela falta de foco. Lembra que quanto mais fechado o seu obturador, mais focado o cenário ficará. Considere usar a abertura em torno de f/8, um ponto onde você terá o máximo de nitidez. Já o auto-foco aqui é um crime e só irá te atrapalhar. O correto é usar o foco manual, ajustando sempre no anel da lente até focalizar o objeto. Se usar uma abertura muito aberta, mais dificuldade terá para focar o ponto desejado.

FILTRO CLOUSE-UP

FILTRO CLOUSE-UP

Caso a ideia não seja investir logo de cara em novas lentes, existem outras maneiras de obter imagens assim com os filtros que rosqueamos na frente da lente. Ele funciona como uma lupa e costumam ser vendidos em conjuntos de três ou quatro (+1,+2,+4,+10). Ah, e o legal é poder pode rosquear um no outro e ir somando os valores, obtendo uma ampliação ainda mais alta.

ANEL INVERSOR

ANEL INVERSOR

Parece até brincadeira mas não é, aqui você pode montar sua lente do lado contrário para obter uma ampliação ainda maior. O custo deste acessório é baixo e com ele você pode obter imagens com resultados excelentes. Apenas tome bastante cuidado para não entrar poeira ou água no interior da sua lente, pois ela ficará totalmente exposta.

ACOPLADOR DE ROSCA

ACOPLADOR DE ROSCACom esse acessório você poderá usar duas lentes, sendo uma em seu encaixe normal a rosca e uma lente invertida. Aqui vale dizer novamente para ter bastante cuidado com sujeiras entrando no interior de sua lente.

TUBO DE EXTENSÃO

TUBO DE EXTENSÃO

Esse acessório tem como objetivo afastar a objetiva da câmera para diminuir a distância focal, possibilitando fotografar muito mais de perto. O legal é que este tubo não afeta na qualidade do seu trabalho. São vendidos em jogos de três ou quatro peças com comprimentos diferentes. Você pode montar uma na outra ou usar separadas também. Os mais caros e sofisticados têm contatos elétricos permitindo você utilizar o foco automático enquanto os comuns você terá que usar o foco manual.

É isso pessoal. Espero que aproveitem as dicas e comecem a arriscar mais na fotografia macro. :D


- TOP OFERTAS -


- PUBLICIDADE -


About The Author

Designer de formação e fotógrafa de paixão se envolveu no mundo dos blogueiros e decidiu que iria se aventurar entre seu hobby e sua verdadeira vocação. Havia abandonado a fotografia em 2008 e agora voltou de cabeça para este mundo. Assim nasceu mais este projeto, o Conexão Fotográfica. Ela também é sócia e diretora do projeto Marola com Carambola.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Close