Top Menu

O fotografo Joel Parés já é conhecido internacionalmente por suas fotografias um tanto lúdicas e que passam por um processo de edição muito grande, onde todos os mínimos detalhes são bem pensados, mas ele ficou ainda mais conhecido com o seu último trabalho, onde ele “fala” sobre preconceito de maneira descontraída e com aquele toque que só ele consegue dar nas suas fotos.

Na série Judging América, Joel mostra que somos acostumados a julgar as pessoas pela aparência, preferência sexual, etnia, religião, antes de conhecermos as pessoas, mas nem todo negro é gangster e nem todo muçulmano é terrorista. A primeira imagem é sempre do ‘julgado’ assim ele nos força a julgar o fotografado, para depois vir a imagem do que a pessoa realmente é, mudando assim nosso pensamento sobre a pessoa. Para fazer este trabalho Joel se inspirou na diversidade de etnias dos Estados Unidos da América, onde ele acredita que cada indivíduo merece a chance de ter uma vida normal sem ser julgado de forma negativa.

Para conhecer mais sobre este e outros trabalhos dele acesse o site: www.joelpares.com

Judging America - Joel ParesJudging America - Joel ParesJudging America - Joel ParesJudging America - Joel Pares
Judging America - Joel ParesJudging America - Joel ParesJudging America - Joel ParesJudging America - Joel ParesJudging America - Joel ParesJudging America - Joel Pares


- TOP OFERTAS -


- PUBLICIDADE -


About The Author

Ela consegue passear por diversas áreas profissionais. Formada em Gestão Bancária, sempre teve uma grande paixão pela gastronomia. Especializou-se na área e começou sua nova vida de blogueira. Criadora e diretora do projeto Marola com Carambola, sentiu necessidade de conhecer o mundo da fotografia e da edição, nascendo assim o Conexão Fotográfica.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Close