Top Menu

Posts By Ruh Dias

Diogo Costta tem 23 anos, mas nunca perdeu a alma de criança. Autodidata na fotografia e nas ferramentas de manipulação digital, buscou em ambas a fantasia e a magia que faltam na vida cotidiana. A partir disso, começou a criar imagens e cenários surrealistas, como uma forma de escapar do tédio, da tristeza e de tantas outras coisas que atormentam…

Katharina Jung é uma fotógrafa alemã que começou a fotografar, primeiro, com uma câmera analógica e, depois, com uma DSRL que comprou com o dinheiro do trabalho em um pequeno café. Em suas fotos, ela tenta reproduzir o mundo em que ela gostaria de morar, suas fantasias e sonhos. Muitos dos objetos cenográficos e roupas são feitos por ela mesma.…

Meu humor hoje está bastante melancólico: o céu está cinza pesado, chove e não estou com vontade de conversar. Fiquei, então, procurando um (a) fotógrafo (a) das minhas inspirações que estivesse condizente com este meu estado de espírito esquisito e lembrei de Aëla Labbé. Aëla nasceu na França, mudou-se para a Holanda para estudar dança contemporânea e desde então se…

Marina Refur é uma fotógrafa alemã de 28 anos que parece muito com a Florence Welch (vocalista da banda Florence and the Machine). Começou aí minha atração pelas fotos dela, pois, no início - na minha inocência e miopia de 2 graus - achei que era a própria Florence nas fotos. Ops. Ela ficou mais conhecida, principalmente no Flickr, em…

Rosie Hardy é uma fotógrafa britânica que, com apenas dezenove anos, já se encontra em uma posição privilegiada, sendo conhecida mundo afora e, inclusive, sendo a autora da capa do álbum do Maroon 5. Rosie começou a tirar fotos aos 16 anos, o que lhe confere três anos de experiência. Neste tempo, acumulou muitos seguidores - principalmente no Flickr - e…

*Nishe, apelido de Magdalena Lutek, é uma fotógrafa polonesa de 29 anos. Ela costuma fotografar cenários caseiros, com personagens principais femininas e bastante delicadas, com aparência frágil, porém, muito sensual. Algumas de suas fotos incluem uma nudez leve e sensível, que não agride aos olhos e tampouco sugere uma sexualidade muito invasiva. São sempre retratos sutis com feminilidade, subjetividade e…

Certas pessoas consideram a tristeza e a melancolia como coisas boas, e não ruins - e sim, sou uma destas pessoas. Laura Makabresku também. Ela é uma fotógrafa de 26 anos que reside na Polônia e diz que suas fotos são contos-de-fada que ela cria dentro de sua cabeça, com o objetivo de expressar suas ansiedades e tristezas, transformando-as em…

Atualmente, o que mais vemos em editoriais e ensaios fotográficos são mulheres nuas ou semi nuas, em poses sensuais. Por mais que um ou outro conceito tente sair do lugar-comum, a sensualidade da mulher é retratada quase sempre do mesmo jeito ou sob a mesma perspectiva. Por isso, a fotografia de Vivienne Mok é um sopro de ar fresco neste…

Close